Vírus HPV – Sintomas, Transmissão e Prevenções

Vírus HPV (Foto:Divulgação)

O vírus HPV vem sendo combatido já alguns tempos.

O Vírus

Estes vírus têm assustado muitas pessoas, segundo os especialistas; os HPV são da família papilomaviridae provocadores de mucosa e lesões na pele e que em muitos casos, suas lesões tem um quadro de evolução limitado, que pode chegar a uma regressão espontânea.

Existem diferentes tipos de HPV, segundo as pesquisas, há existência de mais de 200 tipos. Suas classificações são de baixo e de altos riscos de câncer. Somente os que são relacionados a tumores malignos, são de fato de alto risco.

Quem Pode ser Infectado com o HPV

Segundo estudos realizados no mundo, as mulheres serão infectadas por um ou mais  tipos de vírus de HPV, conforme os dados comprovados, esse número é de 50% a 80% das mulheres que serão infectadas.

Nas mulheres jovens, essas infecções em alguns casos, são transitórias pelo o fato de terem um sistema imunológico maior. Mas, nem sempre são capazes de produzirem anticorpos suficientes para combater os vírus.

Transmissão dos Papilomavírus

Os HPV são transmitidos por contatos diretos com a infecção. No caso do HPV genitais, a transmissão é feita pelo o ato da relação sexual; a pessoa pode ser infectada ou infectar, causando lesões na vagina, colo do útero, pênis e ânus. Segundo as pesquisas, há existência rara de vírus também nas cordas vocais e no esôfago.

Sintomas e Prevenções

O indicativo da infecção é a parição de verrugas, pápulas ou manchas, em algum lugar da pele e mucosa. Sendo assim é muito importante o uso de camisinha na relação sexual, devemos estar sempre nos protegendo para que o vírus não se espalhe causando uma epidemia.

Infelizmenteas vacilas ainda não são encontradas em postos de saúde pública, mas caso queira optar por particular será muito importante para sua vida e de seu parceiro.

Vírus HPV (Foto:Divulgação)